segunda-feira, 25 de julho de 2016

A garota do calendário: Fevereiro - Calendar girl-February - Audrey Carlan

A garota do calendário: janeiro
Editora: Verus
Autor: Audrey Carlan
Ano: 2016
Edição: 1
Número de páginas: 144
Compre aqui:

Série predestinada a ser publicada no Brasil em doze volumes, ao qual atribuo o lado positivo ser a velocidade dos lançamentos, sendo estes dois por mês.
  1. Janeiro
  2. Fevereiro
Duas recomendações se fazem necessárias para a leitura dessa resenha.
Primeiro que se leia a resenha anterior, de janeiro. 
O livro é uma história contínua, cada mês é uma experiência que a Mia vive, um contrato.
Segundo, justamente por ser uma história contínua, eventualmente podes ter contato com informações que considere spoiler do livro anterior. Me esforço para manter a magia da história, mas alguns dados são importantes para o entendimento dos volumes seguintes.
Mia está vivendo uma fase difícil, seu amado pai se meteu em dívidas com um ex-namorado agiota da moça e foi espancado fortemente, vindo a ficar em coma.
O tempo corre e Mia tem que saldar a dívida do pai se quiser salvá-lo e a si mesma.
Para isso, aceita o trabalho de acompanhante de luxo que a tia oferece.
Encerrado o contrato de Mia com Wes em janeiro, ela parte para uma nova aventura.
Fevereiro promete, a moça será a musa inspiradora de um importante pintor de Seattle.
Alec é um francês com um sotaque delicioso e um corpo de Deus do Olímpio.
A missão de Mia é existir, preferencialmente como veio ao mundo.
Confesso que meu lado apaixonado por Wes acreditou que essa história me incomodaria.
Vamos combinar, qualquer vivente que leia janeiro sabe que Wes é O CARA para Mia.
Que ela merece ser feliz e ele é a porta da magia que se abre para ela.
Achei que odiaria Alec, mais que isso!
Odiaria fevereiro!
As primeiras cenas da história já predizem que a moça não vai resistir aos encantos da diferenciada linguagem do moço importado.
No entanto, o livro é libertador!
Claro que ainda rogo por Wes, mas ela precisava se superar em suas dores e Alec a auxilia na travessia.
Gostei e recomendo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários preconceituosos e desrespeitosos serão ignorados. Manifeste sua opinião com educação. =)