domingo, 3 de agosto de 2014

Olhos nos olhos - Eyes Wide Open - Raine Miller

Olhos nos olhos
Autor: Raine Miller
Editora: Suma das Letras
Ano Edição: 2014
Número Edição: 1
Páginas: 350
Compre aqui:
*Cultura*Saraiva*Submarino

Chegamos ao terceiro volume da série Blackstone, assim, teremos spoilers para os que não leram os primeiros livros.




  • #1 - Nua -Naked 
  • #2 - Entrega Total - All In 
  • #3 - Olhos nos Olhos - Eyes Wide Open
  • #1 - Cherry Girl Spin-off (Neil & Elaina, #1) 
  • #4 - Rare and Precious Things (ainda sem título no Brasil)

  • Imagino que vocês tenham lidos as resenhas anteriores.
    Não?
    Vai um pequeno resumo:
    Ethan é um veterano da guerra do Afeganistão que se deu muito bem com o negócio de segurança. Hoje possui uma enorme empresa nesse ramo e tem muitos amigos poderosos.
    Um amigo do passado liga pedindo socorro na proteção de sua filha, Brynne.
    Brynne viveu uma violência no passado que envolve o filho de um político poderoso americano.
    Tentando reconstruir sua vida, parte para Londres e estuda arte enquanto faz trabalhos de modelo de nu artístico.
    Ethan não tinha a intenção de aceitar o trabalho, mas ao ver a foto de Brynne se encanta profundamente e não resiste.
    Uma personalidade autoritária e possessiva em contraste com uma jovem carente de proteção e submissa torna essa história de amor possível.
    Brynne está em perigo, ele a ronda por mensagens, personagens desse passado tumultuado dela estão morrendo e Ethan está disposto a tudo por protegê-la.
    Assim, Ethan carrega Brynne para a casa interiorana de sua irmã.
    Longe da agitada Londres, o casal vive dias de paz, sexo, amor e família, até que um evento inesperado obriga a uma reformulação dos planos.
    O primeiro livro é narrado por ela, o segundo por ele e esse terceiro é narrado pelos dois, sem separação de capítulos.
    Muitos acontecimentos desenrolam, mas o principal é que Ethan está focado em assegurar que a ameaça se distancie.
    O livro é bem longo, cansativo, a autora se deteve no cotidiano do casal.
    Para se ter uma ideia, ela leva três capítulos para efetivar um spoiler óbvio e cliché.
    Enfim, se você chegou a leitura até aqui, certamente vai seguir para o quarto livro como eu!
    Sobre as cenas quentes, Raine Miller não cai na mesmice, ela é criativa e generosa, com passagens extremamente eróticas e bem desenvolvidas.
    Brynne está mais chatinha, mais mimimizenta.
    Ethan permanece o ogro meio exagerado em alguns momentos, mas super cauteloso na maior parte do tempo.
    É um livro despretensioso, mas podia ter sido menos comprido. 

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Comentários preconceituosos e desrespeitosos serão ignorados. Manifeste sua opinião com educação. =)