domingo, 20 de julho de 2014

Nua - Naked - Raine Miller

Nua
Autor: Raine Miller
Editora: Suma das Letras
Ano Edição: 2014
Número Edição: 1
Páginas: 167
Compre aqui:
*Cultura*Saraiva*Submarino

Nua é o primeiro livro da série de Raine Miller 'O caso Blackstone'.
No Brasil estamos na publicação do terceiro volume e temos um spin-off (mesmo universo, mas não continuidade da história, personagens secundários da história) já no segundo volume de publicação nos EUA.
Isto é, para quem se encantar, tem muita coisa por vir...

  • #1 - Nua -Naked 
  • #2 - Entrega Total - All In 
  • #3 - Olhos nos Olhos - Eyes Wide Open
  • #1 - Cherry Girl Spin-off (Neil & Elaina, #1) 
  • #4 - Rare and Precious Things (ainda sem título no Brasil)
A americana Brynne esconde um enorme esqueleto em seu armário, aos 17 anos sofreu uma situação com repercussões devastadoras.
Hoje ela reconstruiu sua vida em Londres, faz uma pós-graduação em artes e sobrevive com ensaios artísticos nua.
Apesar dos pesares (que só conheceremos no futuro), ela segue a vida, com terapia, dificuldade de intimidade e poucos, mas verdadeiros, amigos.
Ethan é um ex-combatente do Afeganistão, possui muitas marcas desse período, no entanto, hoje é um vitorioso, um empresário de sucesso, proprietário de uma imponente empresa de segurança.
Sua vida muda no dia que um amigo do passado pede ajuda na proteção da filha, Brynne.
Esse amigo afirma que a filha se meteu com a pessoa errada no passado esteve um sex-tape comprometedor divulgado, hoje o pai desse rapaz é candidato a um importante cargo eleitoral.
O que leva ao pedido de proteção foi o fato de um dos participantes do vídeo ser silenciado à sangue, o que leva a crer que uma possível rede de 'bafa tudo' pode estar em movimento e sua filha seria uma mira dessa rede.
Ethan Blackstone não tinha a menor intenção em pegar o caso, até ver a foto da pessoa em risco: Brynne Bennedict.
Aquela foto desperta nele alo inesperado e ele resolve pagar para ver, indo a exposição de fotos da modelo.
O encontro causa faíscas no rapaz, já Brynne é mais contida e reservada na entrega de sentimentos, teme muito se ferir novamente.
Temos a fórmula: mocinha em perigo, meiga e frágil sob os cuidados de um protetor obsessivo.
O livro é recheado de cenas sexuais, mas nenhuma que envolva o batido BDSM, nada contra, mas é bom variar, né?
Mesmo assim, não passa despercebido que Ethan é um dominador nato e que Brynne uma submissa entregue.
Fica claro na construção da personagem que ela necessita de proteção e confiança, sendo que, encontra isso no relacionamento claro e bastante enfático que desenvolve com Ethan.
O livro é narrado por Brynne, então, temos toda a perspectiva de insegurança e incerteza da personagem.
É um livro curto, sensual e com um final bombástico (o que foi terrível para minha semana de provas finais da faculdade).
Já li o segundo, mas só conto depois pra vocês! *malvada*



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários preconceituosos e desrespeitosos serão ignorados. Manifeste sua opinião com educação. =)