quinta-feira, 20 de março de 2014

Fogo - Burn - Maya Banks

Fogo
Autor: Maya Banks
Editora: Leya
Ano Edição: 2014
Número Edição: 1
Páginas: 415
Compre aqui:
*Cultura*Saraiva*Submarino

Ash, Jace e Gabe são amigos, irmãos, de longa data.
Estudaram juntos e traçaram um caminho de ascensão nos negócios invejável.
Com o foco nos negócios e na diversão, sempre fugiram de enlaces românticos, optando pelo prazer.
Em cada livro, acompanhamos um deles se rendendo ao amor de uma moça.
*Leitura não recomendada para pessoas com menos de 18 anos.
Último livro da trilogia Breathless, todos já mencionados aqui no blog.
Depois que Gabe e Jace engataram no amor, Ash ficou muito solitário.
Ainda mais que ele tinha o estranho hábito de dividir mulheres na cama com Jace, então, ele nem sabe como lidar com a realidade que o assola.
Não que ele não entenda a situação, apenas, não sabe bem como lidar com a nova realidade.
Tudo muda quando Josie atropela o caminho de Ash.
Além de imune a sua beleza, não se importa com o poder e riqueza que ele transpira.
Intrigado, ele investiga a moça e passa a fazer um cerco de sedução ao redor dela.
Josie é uma moça solitária, perdeu a avó e a mãe, não tem laços com o pai, é uma artista livre, pinta para sobreviver.
Suas obras não possuem grande vendagem e ela passa por um período de grande dificuldade financeira.
Ela tem um namoradinho, mas aparentemente não há vínculo afetivo real, da parte dela é carência e da dele sexo.
Ash vira seu mundo de cabeça para baixo, ele oferece proteção, amor e cuidados.
Há tempos ela desconhece o que é ser amada e protegida, a proposta é extremamente sedutora.
Mais que isso!
Ela fica encantada por Ash, há uma reciprocidade de atração.
Considerei esse o mais fraco da trilogia, muito previsível.
Esse é o 11º livro que leio de Maya Banks, ela é criativa, muito erótica, traz sempre cenas criativas e detalhadas de sexo, mas tem uma dificuldade nas personagens femininas.
Suas personagens são sempre vulneráveis, sofridas, humilhadas, sempre resgatadas pelo macho alfa e dominante.
Não que seja um defeito, mas é uma curiosidade pertinente.
Uma leitura rápida e bastante envolvente.


Um comentário:

Cami Rocha disse...

Tava com fé que o livro Ash seria melhor dos três. Fuénnn :(

Postar um comentário

Comentários preconceituosos e desrespeitosos serão ignorados. Manifeste sua opinião com educação. =)