quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Cheiro de livro novo!!! Recebi, vai pra fila!


A Editora Suma das letras me agraciou com alguns títulos e  como veio meu aniversário, minhas amigas do clube do livro salvaram minha vida literária.
Minha família fez um complô e todos se negaram a me dar livros no aniversário, ganhei deliciosos presentes, mas nenhum livro.
Daí minhas lindas salvaram a pátria!!


O lado bom da vida
Autor: Mathew Quick
Editora: Intrínseca
Ano Edição: 2012
Número Edição: 1
Páginas: 254
Compre aqui:
Presente da minhas amadas Julianna e Bruna, é um livro que tem tudo a ver comigo. Fala um paciente psiquiátrico em busca do reencontro consigo, com o amor e com a vida. Obrigada meninas! É ler para ver!

Pat Peoples, um ex-professor na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele “lugar ruim”, Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um "tempo separados". Tentando recompor o quebra-cabeças de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora. Com seu pai se recusando a falar com ele, a esposa negando-se a aceitar revê-lo e os amigos evitando comentar o que aconteceu antes da internação, Pat, agora viciado em exercícios físicos, está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida. Uma história comovente e encantadora, de um homem que não desiste da felicidade, do amor e de ter esperança.



Sedução ao amanhecer
Autor: Lisa Kleypas
Editora: Arqueiro
Ano Edição: 2013
Número Edição: 1
Páginas: 242
Compre aqui:


Presente da fofuxa Tays.
Essa é uma das minhas autoras prediletas, Lisa nunca decepciona.
Esse é o segundo volume da série e o primeiro livro já foi resenhado 'Sedução a meia-noite'.
O cigano Kev Merripen é apaixonado pela bela e bem-educada Win Hathaway desde que a família dela o salvou da morte e o acolheu, quando era apenas um menino. Com o tempo, Kev se tornou um homem forte e atraente, mas ainda se recusa a assumir seus sentimentos por medo de que sua origem obscura e seus instintos selvagens prejudiquem a delicada Win. Ela tem a saúde fragilizada desde que contraiu escarlatina, num surto que varreu a cidade. Sua única chance de recuperação é ir à Franca, para um tratamento com o famoso e bem-sucedido Dr. Harrow. Enquanto Win está fora, Kev se dedica a coordenar os trabalhos de reconstrução da propriedade da família, em Hampshire, transformando-se num respeitável administrador, mas também num homem ainda mais contido e severo. Anos depois, Win retorna, restabelecida, mais bonita do que nunca... e acompanhada por seu médico, um cavalheiro sedutor que demonstra um óbvio interesse por ela e desperta o ciúme arrebatado de Kev. Será que Win conseguirá enxergar por baixo da couraça de Kev o homem que um dia conheceu e tanto admirou? E será que o teimoso cigano terá coragem de confrontar um perigoso segredo do passado para não perder a mulher da sua vida?


E se fosse verdade
Autor: Marc Levy
Editora: Suma
Ano Edição: 2013
Número Edição: 1
Páginas: 229
Compre aqui:


Presente da Suma das Letras.
Adoro Marc Levy e estava com saudade de ler algo dele.
Já conheço a história, já vi o filme, mas um livro sempre traz uma nova dimensão, né?
E se Fosse Verdade... é uma história repleta de romantismo e bom humor, ingredientes que cativaram Steven Spielberg, fazendo-o adquirir, por US$ 2 milhões, os direitos do livro para o cinema. Marc Levy viu seu romance de estreia se tornar um grande sucesso de bilheteria.
A história se passa em São Francisco, em julho de 1996. A jovem e bela Lauren, estudante de medicina, sofre um acidente de carro, entra em coma e vai parar no mesmo hospital onde trabalha. Apesar de seu estado, Lauren consegue, espiritualmente, voltar para o seu antigo apartamento. Lá, encontra Arthur, o arquiteto que é o novo morador do imóvel e a descobre no armário do banheiro ao ir tomar banho. Ele é a única pessoa que consegue vê-la, ouvi-la e senti-la.
Inicialmente se recusando a acreditar na história de Lauren, Arthur só fica convencido de toda a verdade quando vai até o hospital e a encontra desacordada. A partir daí, ele vai fazer o impossível para ajudá-la a voltar ao seu estado natural.


A improvável jornada de Harold Fry
Autor: Rachel Joyce
Editora: Suma das Letras
Ano Edição: 2013
Número Edição: 1
Páginas: 243
Compre aqui:


Esse foi outro presente da Suma das Letras, veio em um kit lindo e inesperado.
Uma bela surpresa!
Vencedor do britânico National Book Award na categoria de melhor livro de estreia e finalista do prestigiado Man Booker Prize, A improvável jornada de Harold Fry, de Rachel Joyce, tem como temas centrais os sentimentos de amor, amizade e arrependimento. A autora conta a história do aposentado Harold Fry que numa manhã de sol sai de casa para colocar uma carta no correio, sem imaginar que estava começando uma jornada não planejada até o outro lado da Inglaterra. Ao receber uma carta de Queenie Hennessy, uma velha conhecida com quem não tem contato há décadas, ele descobre que ela está em uma casa de saúde, sucumbindo ao câncer. Então, Harold Fry escreve uma resposta rápida e, deixando sua mulher com seus afazeres, vai até a caixa postal mais próxima. Ali, tem um encontro casual que o convence de que ele deve entregar sua mensagem para Queenie pessoalmente. E assim começa a peregrinação improvável de Harold Fry. Determinado a andar 600 milhas de Kingsbridge à Berwick-upon-Tweed, porque, acredita, enquanto caminhar, Queenie Hennessy estará viva, ao longo do caminho, ele encontra personagens fascinantes, que o trazem de volta memórias adormecidas: sua primeira dança com Maureen, o dia do seu casamento, a alegria da paternidade. Todos os resquícios do passado vêm correndo de volta para ele, permitindo-lhe conciliar as perdas e os arrependimentos.








3 comentários:

Karine Braschi disse...

Desses livros eu só li O Lado Bom da Vida (tem até resenha lá no blog) e eu gostei. Comece por ele, é uma leitura bem leve.

Um beijo, Karine Braschi.
Geek de Batom. (@geekdebatom)

Larissa disse...

não li nenhum desses ainda, mas já tenho O Lado Bom da Vida =D
Agora, dei risada aqui lendo a sinopse de "E se fosse verdade". Eu vi o filme ainda essa semana, e tipo.. NEM OS NOMES foram mantidos HAHAHA. pelo menos o básico da história foi.

Beijocas
http://nossosromancesadolescentes.blogspot.com.br/

Ana Carolina Vivan disse...

Quero todos!!!

Postar um comentário

Comentários preconceituosos e desrespeitosos serão ignorados. Manifeste sua opinião com educação. =)