domingo, 16 de junho de 2013

Freud me tira dessa! - Laura Conrado

Freud me tira dessa!
Autor: Laura Conrado
Editora: Novo Século
Ano Edição: 2012
Número Edição: 1
Páginas: 239
Compre aqui:
*Cultura*Saraiva*Submarino

Tenho uma veia mineira pulsante de saudade.
Na verdade, para quem não sabe, sou gaúcha, mas morei anos em São Paulo, Teresina, Minas e finalmente sosseguei (acho) em Santa Catarina.
Mudei-me para Belo Horizonte para cursar psicologia e fiz belas e sinceras amizades nessa terra linda.
Quando vi a proposta do livro de Laura meu coração vibrou!
Sou psicanalista com tripé formado em análise, atendimento e curso de formação.
Agregar à minha paixão freudiana a minha paixão chicklitana é um sonho e aqui tive essa chance!

Catarina é uma moça inteligente, talentosa, independente que está passando por um momento de grande frustração.
Mudou-se de Divinópolis para Belo Horizonte e hoje vive longe de seu lar, sozinha.
Possui um cargo de destaque em uma grande empresa.
Tem um casinho com um colega, mas preferiu manter em sigilo.
O mundo ruiu quando ela é dispensada por seu casinho que anuncia que conheceu outra pessoa e pretende seguir firme com esse relacionamento.
Abalada pela rejeição, vai para a casa dos pais em busca de conforto.
Lá chegando, recebe a bela notícia que sua irmã está namorando sério com sua paixonite de adolescência, uma grande decepção do passado.
Entre lágrimas e amarguras,  vai ao boteco com os colegas tentando espairecer e uma amiga lhe conta que está fazendo terapia e tendo muito auxílio no divã.
Voltando a BH decide rever suas escolhas com orientação profissional.
O que ela não esperava era que no espaço terapêutico fosse um espaço de trabalho doloroso, pior, a orientação do analista despertou sentimentos ilusórios sobre o que de fato esperava do seu psicólogo.
Cat acredita estar apaixonada e passa a ter um comportamento inadequado a si própria!
Com tanto sofrimento somado, só recorrendo ao pai da psicanálise para sobreviver a tormenta, né?
Acompanhamos o crescimento de uma menina mimizenta que se torna mulher  muitas vezes equilibrada e que pouco a pouco encontra seu caminho.
Recheado de deliciosas histórias paralelas e com muito com humor, Laura trilha um caminho de divertimento em sua narrativa.
Um autêntico chick lit com a paisagem mineira de fundo, o que eu poderia querer mais?
Adorei!
Tinha algum tempo que não lia um chick lit e esse não decepcionou!






2 comentários:

Postar um comentário

Comentários preconceituosos e desrespeitosos serão ignorados. Manifeste sua opinião com educação. =)