quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

O sonho do súcubo - Succubus dreams - Richelle Mead


O sonho do súcubo - Succubus dreams
Editora: Essência
Autor: RICHELLE MEAD
ISBN: 9788576656067
Ano: 2011
Edição: 1
Número de páginas: 251
Compre aqui:
*Cultura*Saraiva*Fnac


Terceiro volume da série de Georgina Kincad, possivelmente, para desavisados e estreantes, seja fácil se deparar com spoilers de livros anteriores.
Comecei a ler essa coleção há tempos, precisamente em 2011.
Cada livro é eletrizante, mas segurei a leitura por ser uma moça experiente em Richelle Mead.
Richelle se reserva a destroçar os corações de seus leitores a partir do terceiro volume de suas séries, portanto, aguardei a publicação de todos os livros para só depois dar continuidade a leitura.
Realmente sou esperta!
Não daria 'conta' de esperar a continuidade, estaria mais histérica ainda agora.
Recapitulando...
Georgina é um súcubo, se alimenta da energia vital de humanos através do sexo e tem o poder de se metamorfosear na mulher/homem que quiser.
Quanto mais nobre a alma, mais intensa e revigorante é a energia que ela transfere.
Então, como um ser das trevas, sua tarefa é seduzir, desviar, boas pessoas.
Ela detesta seu trabalho.
Vendeu sua alma após pecar na luxúria e destruir a vida de seus familiares.
Na realidade, a venda de sua alma foi um ato de nobreza.
Para que todos que ela amava (pais e marido) não sofressem por sua infidelidade descoberta, ela trocou o 'apagamento de sua existência' por uma eternidade de servidão.
Servidão em luxúria, é bom marcar.
O problema é que Georgina é de fato uma boa alma, errou como todos humanos erram, mas não merecia esse eterno ciclo de sofrimento auto-imposto.
Nesse momento, ela busca dar um sentido a sua existência, por isso, mantém um emprego estável e relações fraternais com humanos que convive.
Georgina deveria estar nas nuvens, numa lua de mel.
Ela trabalha em uma livraria, foi promovida recentemente, mantém um namoro atípico com o humano Seth e ele a aceita como é.
Mas no inferno não há paz e Georgia é um ser do inferno.
Então, seu inimigo Niphon (aquele que comprou sua alma) surge com uma súcubo desajeitada para que ela ensine a arte.
Seu demônio (chefe) Jerome tira umas férias e estranhos fenômenos a assolam enquanto isso.
Sim!
Após Georgina se alimentar, ela todas as vezes chega em casa e se distraí com um sonho.
Sonho este que apresenta uma vida impossível a ela, onde ela tem uma família com filho e felicidade plena.
Quando acorda desse paraíso, está sem energia novamente.
Um mistério!
Sua relação com Seth passa por turbulências constantes e entraves intransponíveis vão surgindo ao longo da trama.
Portanto, nossa heroína está literalmente no inferno e percebe a dicotomia entre querer e poder.
É de suspender a respiração.
Richelle, muito coerentemente, nos envereda por caminhos indesejáveis e percebemos que apesar da simpatia que GK nos desperta, há uma diferença entre bem e mal que não pode ser ignorada.
Várias teorias se formularam em minha mente e serei sincera: vou ler para descobrir se estou certa!!
Erotismo, ação, suspense e romance tudo em uma obra fantasticamente bem articulada.
Imperdível.

Um comentário:

Marina Kolling disse...

que vontade de ler essa serie depois da sua resenha De. Achei a historia bem diferente de tudo que eu ja li. O problema e que a Richelle escreve muitos livros e eu nao dou conta de acompanhar tudo que ela ja publicou! Bjos

Postar um comentário

Comentários preconceituosos e desrespeitosos serão ignorados. Manifeste sua opinião com educação. =)