segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Sessão prozac! 5 filmes para chorar (e muito).


Quando falei para minha irmã que pretendia fazer uma postagem com uma seleção de filmes que me desidrataram chorando, ela disse: 
"Vou comentar, porque essa postagem é mentirosa! Você não vê filme de chorar!"
É verdade!
Fujo do gênero.
Certa vez, falava com a Lívia ao telefone, ela me contou a história de 'Diário de uma paixão' e eu chorei do lado de cá da linha.
Só de relembrar alguns desses títulos eu já enchi os olhos de lágrimas.
O que tirou mais uma frase espirituosa da minha amada irmã: "Você é doente, já está chorando de novo!!"
Infelizmente sou assim, mas não saí ilesa de ver alguns títulos que me desidrataram.
Aqui segue minha singela seleção:

Up - Altas aventuras!(2009)
87 min - Animação
Direção: Bob Peterson, Pete Docter
Roteiro: Bob Peterson
Elenco: Christopher Plummer (voz)Edward Asner (Carl Fredricksen /voz)John Ratzenberger (voz)Jordan Nagai (Russell /voz)
Produtores: Andrew Stanton, John Lasseter.
Países de Origem: Estados Unidos da América
Estreia Mundial:2009

Dos revolucionários Estúdios de Animação Pixar e do aclamado diretor de Monstros SA, chega uma hilária aventura onde o céu não é mais o limite.Carl Fredricksen, um vendedor de balões aposentado, é parte rabugento, parte sonhador e está preparado para sua última chance de diversão nas alturas. Amarrando milhares de balões à sua casa, Carl parte em direção ao mundo perdido dos seus sonhos de infância. Sem seu conhecimento, Russell, um ansioso explorador da natureza de oito anos, que nunca se aventurou além do seu quinta, está no lugar errado e na hora errada: na varanda da casa de Carl! A dupla mais improvável do mundo alcança outros horizontes e conhece amigos fantásticos como Dug, um cachorro com uma coleira especial que lhe permite falar, e Kevin, um raro pássaro de 3.5 metros que não voa. Preso na floresta, Carl percebe que de vez em quando as maiores aventuras da vida não são aquelas que você sai procurando.
Quando Gabriella passou no corredor e me viu, literalmente, me debulhando em lágrimas, ela perguntou: 'Uai! Não era um desenho??'
Sem dúvidas, Up é o desenho mais triste depois de Bambi (que aliás é cruel!!).
Acompanhar a história de amor que finaliza com a morte os separando e tornando aquele gurizinho num velho amargurado e solitário é triste demais!
Aliás, estou até emocionada de novo.

P.s. Eu te amo (2008)
Título Original: P.S. I Love You
126 min - Drama
Direção: Richard LaGravenese
Roteiro: Cecelia Ahern, Cindy Evans.
Elenco: 
Hilary Swank, Gerard Butler.
Produtores: Andrew A. Kosove, Broderick Johnson
Países de Origem: Estados Unidos da América
Estreia Mundial: 2008

Holly Kennedy (Hilary Swank) é casada com Gerry (Gerard Butler), um irlandês engraçado por quem é completamente apaixonada. Porém quando Gerry morre devido a uma doença a vida de Holly também acaba, já que ela entra em profunda depressão. Mas o que ela não esperava era que, imaginando que isto poderia acontecer, Gerry deixou para ela diversas cartas antes de morrer. Cada uma delas busca guiar Holly no caminho de sua recuperação, não apenas da dor pela sua perda mas também de sua própria redescoberta.
Sério que fui ingênua! 
Não fazia ideia que a história era de uma jovem viúva que se conformava com as cartas pré-escritas pelo marido moribundo.
Jesus!!! Quando o filme acabou, só queria me esconder embaixo de uma cadeira qualquer e, pior, não tinha guardanapo na bolsa e encharquei o vestido da minha irmã (aquela agressiva que mencionei no início da postagem)

Minha Vida (1993)
Título Original: My Life

116 min - Drama
Direção: Bruce Joel Rubin
Roteiro: Bruce Joel Rubin
Elenco: Michael Keaton (Bob Jones)Nicole Kidman (Gail Jones)
Estreia Mundial: 1993
Bob Jones (Michael Keaton), proprietário de uma empresa de relações públicas, tem um casamento sólido e feliz. Gail Jones (Nicole Kidman), sua mulher, espera um filho, mas ele é portador de um câncer inoperável e tem os dias contados. Com isso, decide então gravar um vídeo para o filho, se apresentando e passando para ele toda sua experiência, desejando muito estar vivo no dia de seu nascimento.
Esse filme... ahhhh esse filme.
É mega antigo, então, visualiza:
Ele descobre que está com câncer e que provavelmente não verá o filho nascer e não quer que a criança cresça sem saber a versão do pai de sua vida.
O que ele faz??
Mata a gente de chorar preparando uma fita (o filme é bem antigo) contando sua história, suas crenças, sua luta, sua vida.
Ahhhh vai morrer pra lá, né??
Chorei litros ao som da minha mãe dizendo 'como somos masoquistas'.

A Corrente do Bem (2000)
Título Original: Pay It Forward
123 min - Drama
Direção: Mimi Leder
Roteiro: Catherine Ryan Hyde, Leslie Dixon
Elenco: Kevin Spacey, Haley Joel Osment, Helen Hunt.
Países de Origem: Estados Unidos da América

Eugene Simonet (Kevin Spacey), um professor de Estudos Sociais, faz um desafio aos seus alunos em uma de suas aulas: que eles criem algo que possa mudar o mundo. Trevor McKinney (Haley Joel Osment), um de seus alunos e incentivado pelo desafio do professor, cria um novo jogo, chamado "pay it forward", em que a cada favor que recebe você retribui a três outras pessoas. Surpreendentemente, a idéia funciona, ajudando o próprio Eugene a se desvencilhar de segredos do passado e também a mãe de Trevor, Arlene (Helen Hunt), a encontrar um novo sentido em sua vida.
Foi o primeiro filme que minha fofa acompanhou a legenda, ela tinha sete aninhos.
A história daquele garotinho fazendo um trabalho de escola com intenções altruístas é simplesmente linda! 
Se você ainda não viu, corre! Para tudo e vai ver!


Pela Vida de Um Amigo (1998)
Título Original: Return to Paradise
88 min - Drama, Romance.
Direção: Joseph Ruben
Roteiro: Bruce Robinson (I), Juliet Polcsa.
Elenco: 
Joaquin Phoenix, Vince Vaughn, David Conrad, Anne Heche.

Nas praias da Malásia durante o verão, três americanos - Lewis (Joaquin Phoenix), Xerife (Vince Vaughn) e Tony (David Conrad) - desfrutam prazeres com mulheres, rum e maconha barata. Como o fim do verão, Tony e Xerife voltam para Nova York, mas Lewis decide ir para Bornéu para ajudar a salvar os orangotangos da extinção. Entretanto no mesmo dia Lewis é preso, pois Tony e Xerife deixaram com ele 140 gramas de haxixe e, segundo as leis locais, a partir de 100 gramas o portador é considerado traficante e a pena é a morte por enforcamento. Dois anos depois, em Nova York, Xerife dirige limusines de aluguel e Tony é um arquiteto que está noivo. É quando repentinamente surge Beth (Anne Heche), uma advogada que conversa com os dois e diz que há um acordo verbal que diz que se um deles voltar para cumprir a pena terá de ficar seis anos preso, se os dois voltarem três anos de prisão para cada um e se nenhum voltar Lewis será enforcado em oito dias.

Olha! 
É um filme raro, não achei em nenhuma locadora de Floripa.
Para vender também não encontrei.
O jeito foi comprar pela página da Saraiva.com pagando uma quantia menos popular.
Vale a pena! 
O filme é lindo.
Mesclando uma história de amor, amizade e lealdade.
Chorei litros e litros.

Espero que tenham gostado!

9 comentários:

Fernanda Ohashi disse...

wow, ja to lagrimando aqui!!! :')

gostei sim, só vi dois dessa sua lista e como uma boa chorona que se preze, eu tenho que ver o resto, até porque eu adoro filmes antigos :) ótimo post!

Beijos, Nanda.
http://www.superbookaholic.blogspot.com.br

Unknown disse...

Só de lembrar da história de alguns desses filmes já fico com o coração apertado. Ainda mais hoje, que estou mais sensível que o normal :/
Sou LOUCA pra assistir o último filme.. LOUCAA! Ameeeei o post!
A Troca, com Angelina Jolie e Flores do Oriente também são P E R F E I T O S!!!
Assistam, vale MUITO a pena! MUITO MESMO!

naughty.pixxie disse...

Up eu nem amei muito, o desenho todo mesmo, mas comprei o DVD só pela montagem da vida dos dois, porra cena do caralho.. =(

o filme A Viagem, com a Claire Danes e a Kate Beckinsale sempre me deixa super pra baixo tbm, é foda

amo filme desgraçado!

Gabi Graciosa disse...

Ih, adoreeei o post! =) Já adicionei alguns na minha watchlist aqui! hahhahha

Posso fazer um post resposta? Gostei do tema! õ/

Lili disse...

Ainda acho que faltou A Vida Secreta das Abelhas, de todos os dramas que eu já vi, que não foram poucos com certeza está entre os melhores.
Adorei o post, e as referências a mim. Quanto as minhas falas, são totalmente verídicas, vc não assiste drama, pq é doente... chora até ao lembrar dias depois! hehe

Jane Herman disse...

Já assisti a todos, menos ao primeiro. E todos foram assistido com a mesma pessoa, que recordação nojenta! hehehe.

Na minha lista também teria "A Espera de Um Milagre" e "Marley & Eu". Nunca mais assisto qualquer um dos dois. Não quero chorar até ficar com dó de mim!

Jane Herman.

Cibele Ramos disse...

Desses eu só não assisti "Minha Vida", mas os outros me fizeram chorar pelo menos uma vez. E o último da lista SEMPRE me deixa com um aperto no coração e me faz pensar "e se fosse comigo?"

Agora só falta você assistir "Peixe Grande"!

Beijos ;*

Bruna B. disse...

Semana passada fiz um comentário grande nesse post, mas meu celular fez o favor de não enviá-lo :(

Mas preciso fazer esse comentário:

Marley e eu.

O único livro que me deixou soluçando de tanto chorar a ponto do meu irmão vir perguntar se estava tudo bem, quando falei que era por causa do livro, ele riu da minha cara.

E o filme: o único que não apenas mulheres, mas todos os homens também saíram fungando do cinema tentando esconder as lágrimas.

Da lista vi 3 de 5, então anotarei os outros pra quando precisar daquela dose de drama!
Amei o post! ;)

Beijo

Rebeka Toscano disse...

eu amava ps eu te amo, achava o filme mais lindo, ai li o livro e depois revi o filme, e deixei de gostar
achei o livro muito, muito, muuuuuito mais bonito e engraçado

Postar um comentário

Comentários preconceituosos e desrespeitosos serão ignorados. Manifeste sua opinião com educação. =)