domingo, 30 de setembro de 2012

O primeiro dia - Le premier jour - Marc Levy



O Primeiro Dia
Editora: Suma das Letras
Autor: Marc Levy
ISBN: 9788581050980
Ano: 2012
Edição: 1
Número de páginas: 304
Compre aqui:
*Cultura*Saraiva*Fnac*Americanas

Cortesia gentilmente cedida pela Editora Suma das Letras.
Começo confessando ser meu primeiro contato com a obra escrita de Marc Levy.
Não foi por falta de interesse e sim por falta de oportunidade.
Keira é uma obstina arqueóloga que sonha em descobrir a origem da humanidade, o primeiro ser humano. 
Para isso, se dedica em tempo integral a escavações em um sítio arqueológico existente no vale do Omo, na Etiópia.
Além de contar com sua equipe, ela conta com a companhia de um menino chamado Harry, órfão, ele a tem em alta estima e lhe presenteia com uma pedra que encontrou nas lavas de um vulcão adormecido.
Uma tempestade de areia arruína sua busca e a obriga a voltar para Paris, carregando no pescoço, em forma de pingente, o artefato presenteado por Harry.
Em um ponto distante da Etiópia, temos Adrian, um astrofísico que procura a origem do universo nos céus de Atacama no Chile e que sofre um acidente envolvendo ar rarefeito e sistemas vasculares, também o obrigando a retornar a sua cidade, Londres.
Desempregada, Keira frequenta o museu onde a irmã trabalha e conhece Ivory, um professor aposentado que manifesta grande curiosidade por seu misterioso pingente.
Os destinos de Adrian e Keira voltam a se cruzar quando ambos perseguem um prêmio cedido por uma fundação, tal premio colocaria o vencedor de volta na rota de seu sonho. 
Falei em reencontro porque Adrian e Keira se conheceram na universidade e tiveram um affair. O atual reencontro remete a um  passado de sentimentos e como presente, Keira deixa seu pingente na cabeceira do astrofísico.
Até aqui, ela já sabia que o tal pingente era mais próximo da busca dele que da dela.
Manipulados por uma teia internacional, Keira e Adrian seguem juntos em uma jornada que envolve mistério, quebra de paradigmas, curiosidade científica e amor.
Acabam numa perigosa viagem a procura das peças que faltam para montar esse quebra cabeça, cuja primeira peça está no pingente de Keira.
A narrativa é primorosa e a pesquisa que Marc realizou para escrever essa história é incrivelmente criteriosa.
Um livro realmente de uma qualidade inquestionável.
Me arrancou suspiros, lágrimas (muitas), medos...
Maravilhoso!
O  primeiro dia é apenas a primeira parte da história desse casal peculiar, a segunda e última parte, teremos acesso já no próximo mês com o lançamento de A primeira noite.
Parabéns a Suma las Letras pela velocidade e cuidado com o leitor em lançar rapidamente a continuidade dessa incrível história.
Abaixo incorporei o booktrailer e um 'oi' especial aos leitores brasileiros do autor que esteve no Brasil ano passado e espero que retorne no ano que vem para a Bienal do Rio. =)
Separei para vocês também o seguinte quote, não se iludam, poderia separar tantos quotes que tornariam essa resenha imensa, mas separei somente um.
_As vezes a distância impede que se encontrem as palavras certas.
Eu, que já morei em tantos lugares, já conheci tantas pessoas de culturas tão diferentes, entendo profundamente o significado dessa quote.
Não esquecemos as pessoas, elas não deixam de fazer parte de nossa vida, simplesmente as vezes não sabemos o que dizer a elas.
Marc Levy é profundo, sensível, inteligente e cuidadoso em sua escrita.
Não é só uma leitura de entretenimento, mas também uma intensa jornada a reflexão de nós mesmos. 



Um comentário:

Marina Kolling disse...

Confesso que nao sou a maior fa de livros de aventura, mas sua resenha me fez querer ler ``O primeiro dia``. Parabens pelo cuidado e comprometimento com as resenhas e o blog. Beijos

Postar um comentário

Comentários preconceituosos e desrespeitosos serão ignorados. Manifeste sua opinião com educação. =)