quinta-feira, 19 de julho de 2012

O prisioneiro do céu - El prisionero del cielo - Carlos Ruiz Zafón

O Prisioneiro do Céu
Editora: Objetiva 
Autor: CARLOS RUIZ ZAFON 
ISBN: 9788581050737  
Ano: 2012
Edição: 1  
Número de páginas: 246
Compre aqui:
Sou suspeita para falar da obra de Zafón.
De tão apaixonada por seu estilo e estrutura textual acabo sendo extremamente tendenciosa em dar opinião.
O prisioneiro do céu é a continuação, para mim aguardadíssima, de A sombra do ventoum dos livros mais bonitos que tive a oportunidade de ler.
No primeiro livro conhecemos Daniel e sua tragédia pessoal de perder a mãe.
Presenciamos sua primeira aventura no Cemitério de livros esquecidos e o que isso trouxe de consequência em sua trajetória de vida.
Vivenciamos, também, a amizade que se forma entre Daniel e o misterioso e desconhecido Fermín.
Contudo, A sombra do vento foca na história que há por traz do livro apadrinhado por Daniel no cemitério.
Agora em O prisioneiro do Céu teremos muito mais do nebuloso romance familiar de Daniel e finalmente teremos conhecimento de detalhes do passado do carismático Fermín.
O livro começa com Daniel sozinho da livraria até que entra um sinistro cliente.
O sujeito entra mancando, com marcas profundas de tortura, com uma prótese no local da mão, olha para os livros de forma pouco íntima, como e fosse um 'peixe fora d'água'.
Aproxima-se de um exemplar caríssimo de "O conde de monte cristo" (exemplar de colecionador) e faz menção em comprá-lo.
Mesmo a contra gosto, Daniel o vende ao estranho, não podia se dar ao luxo de perder uma boa venda nos tempos de crise que assolavam seu comércio.
O senhor lhe solicita que entregue o exemplar, já que seria um presente, e a única dica é que tudo que ele precisava saber estaria no livro, saindo rapidamente a rua.
Quando Daniel abre a primeira página se depara com a seguinte escrita:
Para Fermín Romero de Torres, que retornou de entre os mortos e tem a chave do futuro. 13
Mais intrigado do que nunca, Daniel persegue o homem a rua e faz poucas descobertas sobre ele.
Ansioso com as implicações que essa história pode trazer a seu amigo, que está as vésperas do casamento, Daniel reluta em fazer a entrega.
Quando finalmente toma coragem de executar a incumbência, Daniel vê o transtorno nos olhos de Fermín e aqui começa uma jornada.
Uma jornado ao passado de Fermín na cadeia, a possível morte não natural de sua mãe, os sacrifícios e desabonos que vários personagens passaram a fim de proteger seus segredos.
Lindo!!!
Fermín é sem dúvida um grande personagem e este livro o consegra irremediavelmente.
O livro é 'custissímo' (o que lamentei) com apenas 246 páginas, mas cada página vale ser saboreada lentamente.
Com isso em mente, levei exatamente uma semana para ler, fiz questão de adiar o término o quanto pude e no final tive uma deliciosa surpresa. 
Tem muito mais a acontecer! 
Zafón não nos abandonará!
A trama de Zafón te prende de forma viciante no texto. 
Com um texto extremamente bem narrado e sem lacunas temos acesso a uma história recheada de romance, frama, suspense e fatalidades.
Agradeço a Suma das Letras pela cortesia de enviar o exemplar para resenha.
Agora, só penso que PRECISO de 'Marina' e de 'O jogo do anjo', os dois outros livros de Zafón lançados no Brasil e que eu ainda não tive o expediente de comprar.
Contando os minutos pela continuação dessa história.


4 comentários:

Mari disse...

Oi Denise!
Tô chegando no blog agora. Ainda não li os livros do Zafon, mas estão na fila. Tenho uma dúvida: não é uma trilogia? O primeiro é A Sombra do Vento, o segundo, O Jogo do Anjo e o terceiro, O Prisioneiro do Céu? Foi assim que vi na internet. Pode-se ler fora da ordem?
Um beijo e parabéns pelo blog! Já adicionei nos Favoritos!

Denise Ayres disse...

Oiiieee


Seja bem vinda!

Não é continuação, é no mesmo universo e chega a trazer alguns personagens.
Em 'O prisioneiro do céu' sabemos mais sobre o personagem que escreveu 'O jogo do anjo', que na história de Zafón é um livro escrito por David Martin, personagem ligado aos protagonistas de 'A sombra do vento' e de 'O prisioneiro do céu', não sei se me fiz entender...

É um spin-off.

Bju

Adriana disse...

Não li ainda nenhum desses livros do autor, mas li Marina e me apaixonei pela narrativa, estou ansiosa pra ler outros, adorei sua resenha, espero poder comprar esses livros o mais breve possível, bjo!

Kaká Fenster disse...

Zafón é tudo de bom! Também escrevo sobre livros e recentemente escrevi sobre esse: http://kakafenster.blogspot.com.br/2012/07/o-prisioneiro-do-ceu-by-carlos-ruiz.html

Amei A Sombra do Vento e gostei bastante do Marina.

Parabéns pelo blog.

Karina

Postar um comentário

Comentários preconceituosos e desrespeitosos serão ignorados. Manifeste sua opinião com educação. =)