sábado, 9 de junho de 2012

Pode Beijar a Noiva - Kiss the bride - Patricia Cabot

Pode Beijar a Noiva - Kiss the bride
Editora: Essência
Autor: PATRICIA CABOT
ISBN: 9788576656173
Ano: 2011
Edição: 1
Número de páginas: 240
Compre aqui:

Uma dos elementos que mais me agrada no nosso Floripa Book Club é que temos buscado ler livros inéditos a todas as integrantes.
Normalmente seriam livros que eu não leria em respeito a minha imensa fila.
Sempre tive muita vontade de ler Patrícia Cabot, amo Meg Cabot e para quem não sabe é  pseudônimo dela.
Adoro o selo Essência da Planeta, sempre traz títulos mais adultos e menos pudicos. 
Somando tudo isso, esperava gostar do livro.

Isto até minha amiga Bruna terminar a leitura e nos jogar um balde de água fria.
Tenho uma grande afinidade literária com Bruninha e quando ela disse que 'detestou' o livro, achei que seria uma perdição para mim.
Eu não merecia isso!!! Tinha acabado de terminar o estranhíssimo "O diário da mariposa" e estava merecendo um livro cativante!
Infelizmente o clube do livro estava chegando e não daria tempo de intercalar algo mais garantido, então... me meti de cabeça da história da Emma.
Me surpreendi e me deparei com minha primeira divergência literária com Bruna, o que foi bom, afinal!  
Emma é uma jovem romântica e idealista.
Contra sua família e fiel a seus princípios, desafia à todos e fugindo com o humilde Stuart para casar-se.
Refugiam-se em uma pequena cidade escocesa.
O que Emma não esperava era que seu casamento fosse abreviado com a morte pré-matura do marido.
Durante uma epidemia de tifo, o cura Stuart acidentalmente é assassinado, deixando a viúva Emma inesperadamente desamparada.
O assassino acaba condenado por seu delito e como última vontade deixa sua fortuna a Emma.
No entanto, Emma é uma jovem com perspectivas humanitárias demais para o gosto do juiz local.
Por esse motivo, o juiz determina que a viúva só teria acesso a fortuna que herdara quando contraísse novo matrimonio.
Com essa determinação arbitrária, uma avalanche de pretendentes bate a porta de Emma diariamente.
Dentro desse contexto, o primo de Stuart, James, chega para resgate do corpo do amado primo.
James sempre reservou um amor secreto a jovem Emma, mas seu descuido permitiu que o primo a alcançasse primeiro, causando-lhe grande sofrimento.
Agora, com esse novo contexto, James vê uma oportunidade dúbia. 
Se oferecer para desposá-la é um bom acordo para que ela tenha acesso a fortuna e ao mesmo tempo a oportunidade de seduzi-la.
Terá ele sucesso em seu intento??
Bom, pra começar, adoro romances históricos.
Adoro a ingenuidade e as investidas sutis, onde a sedução se constrói 'andar por andar'.
Emma é uma pessoa ingenua e obstinada em ajudar o próximo, mesmo que isso consuma sua felicidade própria. Sua escolha para par romântico é precipitada. O que a atraiu em Stuart foi sua devoção em ajudar os menos favorecidos.
Emma considerava James superficial, ganancioso, materialista e arrogante.
James não se deu conta que Emma estava evoluindo na relação com  Stuart e tinha ao primo como irmão, a batalha estava perdida.
Já Stuart... esse devia ter escolhido o celibato, não creio que ele quisesse o amor, queria mesmo era alguém para cuidar da casa.
Adorei, achei doce e meigo, como todo bom romance histórico é.

3 comentários:

Vanessa Vieira disse...

Parabéns pela resenha Denise! Estou ansiosa para ler Pode Beijar a Noiva! Beijos!

Lili disse...

É normal isso, né? Um dia as almas deixam de ser gêmeas no gostos. hehe

Eu não me senti tão atraída. Provavelmente se fosse um filme eu iria AMAR. Como livro, depende muito da escrita do autor. No caso autora.

Bom restinho de feriado.
liliescreve.blogspot.com

Luana disse...

Eu nunca li nada da Patricia Cabot, mas adoro a Meg, acho ela super legal, e gosto de todos os livros dela! Gostei bastante da sua resenha.

beijos, Lu
Lendo ao Luar

Postar um comentário

Comentários preconceituosos e desrespeitosos serão ignorados. Manifeste sua opinião com educação. =)