quarta-feira, 18 de abril de 2012

O beijo mais sombrio - The darkest kiss - Gena Showalter #2


O beijo mais sombrio - The darkest kiss - Gena Showalter

Editora: Harlequin Books
Autor: GENA SHOWALTER
ISBN: 9788576871521
Ano: 2010
Edição: 1
Número de páginas: 400
Compre aqui:

Eu e minha mania de ler mil séries ao mesmo tempo. 
Engatei nos Senhores do submundo e pronto... 
Aqui estou, digitando a resenha do segundo e na reta final da leitura do terceiro.
Esta resenha está cuidadosamente sem spoilers.

No Brasil temos publicados:
*O beijo mais sombrio
*O prazer mais sombrio
*O sussurro mais sombrio
*A paixão mais sombria
Pandora ficou responsável por zelar pela guarda da caixa que abrigava demônios com grandes males: dor, morte, luxúria, violência, ira, infelicidade, doença, etc.
Doze grandes guerreiros, que dedicaram sua existência a treinamentos, ficaram indignados com a oferta feita a Pandora e o orgulho falou mais alto, fazendo que eles cometessem o pior dos crimes.
Mataram Pandora e abriram a caixa, libertando, assim, tais demônios.
A ira dos deuses lançou uma grande maldição.
Como castigo, cada guerreiro teria seu corpo fundido a um desses demônios, assim, seriam guardiões e escravos do mal.
O beijo mais sombrio traz a oportunidade de encontro com a alma gêmea de Lucien, guardião da morte.
O passado de Lucien é nefasto. 
Ele se apaixonou e a humana caiu irremediavelmente doente, sem coragem de carregar sua alma ao descanso eterno, assistiu seu sofrimento até que ela implorasse pelo fim.
Ao voltar dessa obrigação, prometeu que não permitiria a si e a outra tal sofrimento.
Assim, se auto-mutilou até ficar coberto de cicatrizes. 
Acreditou que sem o atributo da beleza, não correria o risco de encantar outra mulher.
Seu plano deu certo, até conhecer Anya.
Anya é a deusa da anarquia, quando ela surge traz o caos.
No livro anterior, Anya prestou uma grande ajuda aos senhores do submundo e agora ela precisa cobrar esse favor.
Inimiga dos poderosos Titãs, Anya está jurada de morte por deter algo que o poderoso Cronos almeja.
Ela sabe que deve se manter longe de Lucien, já que ele foi incumbido da tarefa de matá-la, mas se há algo que ela não consegue evitar, é a atração que sente por esse homem repleto de cicatrizes.
Enquanto todos procuram a perdida caixa de Pandora, que pode aniquilar todos os senhores, Anya e Lucien lutam contra o crescente desejo que os atraí e ao mesmo tempo que procuram uma forma de burlar a ordem dada por Cronos.
Anya guarda muitos segredo e já foi submetida a uma grande maldição dos deuses.
Essa série é extremamente sensual.
Assumo que esse segundo volume não foi o que mais me agradou.
Na realidade, cheguei a considerar ele enfadonho.
A história é truncada, muitas coisas acontecem sem convencer o leitor da necessidade do drama.
Em determinados momentos, achei a linguagem vulgar em demasia, não estou falando de partes quentes, estou me referindo a gírias aplicadas em excesso e desnecessariamente.
Enrola-se tanto, que quando tudo acontece já estamos cansados de esperar pelo desenrolar.
Fiquei bastante decepcionada, apostei alto em Lucien e Anya, mas acho que a autora não esteve inspirada durante essa escrita.
Afirmo isso, da perseverança de quem está finalizando o terceiro volume!

2 comentários:

Brûnîinhaa disse...

Eu nunca li essa série mais me interessei assim que vi que era sobre "Mitologia". Agora estou curiosa pra ler o livro, parece ser muito bom, mas esse segundo volume vou tentar não criar muita expectativa! Mas agora fiquei curiosa pra ler os livros!
parabéns pela resenha, vc foi fiel na sua opinião sobre ele e gostei bastante disso! ^^

HONORATO, Sandro disse...

Bom dia :)
Meus parabéns a resenha mas acho que esse livro não faz meu tipo >.<
E não sou muito fã de séries de livros :(

Beijos e cuide-se
_________________
RIMAS DO PRETO

Postar um comentário

Comentários preconceituosos e desrespeitosos serão ignorados. Manifeste sua opinião com educação. =)