terça-feira, 30 de agosto de 2011

Uma manhã gloriosa - Morning Glory - Diana Peterfreund

Uma manhã gloriosa - Morning Glory - Diana Peterfreund
Editora: Record
Autor: DIANA PETERFREUND
ISBN: 9788501092526
Ano: 2010
Edição: 1
Número de páginas: 272


Tenho absoluta certeza de que se você conhece esse blog, sabe que minha maior influência literária chama-se Julianna Steffens.
Além de amiga, vizinha, confidente, é minha conselheira.
Uma grande entusiasta da literatura feminina ou não.
Acontece que enquanto passeava com meu "amado" cachorro, cruzei com uma inspirada leitora voraz.
Julianna tinha acabado de ler "Uma manhã gloriosa" e disse: "Leva! Você TEM que ler esse livro, vais amar!!!"
Sei que é repetitivo, mas tinha uma extensa lista de leitura, o entusiasmo de Jú era tamanho, que furei a fila.
AINDA BEM!!
Imagina seu primeiro emprego, com 17 anos e na TV.
Delicia, né?
Imagina se dedicar de corpo e alma a esse emprego por uma década. 
Agora imagina que há uma forte possibilidade e evidências de que serás promovida e com louvor. Imaginou?
Nossa mocinha tinha tanta certeza que seria promovida, que aceitou vestir uma camisa por baixo do casaco com as palavras "Eu aceito" impressas.
Sua dedicação ao trabalho foi sempre tão intensa, que não cabia uma vida amorosa.
Até porque, os horários de Becky são inviáveis, ela trabalha no jornal da manhã e pega serviço as 3 da madrugada.
A pesar de tamanha dedicação, sua reunião com o chefe foi um fiasco.
Ao invés da sonhada promoção, recebeu uma demissão.
Becky Fuller tem uma forma única de ver as coisas e não se deixa abater.
Mesmo com essa grande decepção, ela vai a luta.
Busca de forma desesperada uma nova colocação.
Sua única experiência, baixa idade e pouca formação acadêmica, não ajudam.
Mas um golpe de sorte e a indicação de seu ex chefe a levaram receber (e aceitar) um convite de produtora do Daybreak em Nova Iorque.
Daybreak é um programa jornalístico matinal de péssima audiência, é um fiasco.
Possui uma equipe desorganizada e uma dupla de âncoras sem estilo e carisma.
Sem dúvida é um grande desafio.
Becky encontra nesse desafio a maior oportunidade de sua vida, é tudo ou nada.
Ou reestrutura e transforma Daybreak em um sucesso ou assistirá um programa que está no ar há 47 anos ser substituído por telenovelas.
Sua primeira e corajosa ação é demitir o âncora com pinta de tarado.
Agora ela tem um novo problema, precisa de um novo âncora e não tem orçamento para isso.
Investigando os contratos da emissora, descobre que o lendário repórter Mike Pomeroy seria uma opção que não traria custos (já é efetivo da emissora), mas traria credibilidade e audiência.
A questão é como trazê-lo ao mundo do noticiário matinal?
Um mundo leve, descontraído, com espaço para receitas culinárias e dicas de educação e segurança para filhos.
Mike é um repórter que enfrentou guerras, esteve com os maiores líderes mundiais, presenciou e noticiou os maiores eventos jornalísticos das últimas décadas e é um homem simplesmente intransigente e grosseiro.
Um verdadeiro turrão!
Vamos concordar: Becky tem seu valor!
É a legítima heroína.
O mundo caindo na sua cabeça e ela não desanima, não deprime, é sempre positiva e racional.
Sempre com ideias milaborantes para solucionar tudo.
Nesse ínterim há espaço para o amor também! \o/
Colega de emissora, Adam fica encantado com o jeitinho humilde e meigo de nossa protagonista e passa um trabalho para conquistá-la.
Terminei o livro e claro corri para o filme.
Ambos são deliciosos.
Muito bem trabalhados e desenvolvidos.
A edição da Record está impecável, a revisão excelente e a capa é a do poster do filme.
O filme é estrelado por uma turma da pesada: Diane Keaton, Harrison Ford e Jeff Goldblum (que aliás eu não via há tempos)
Considerei a condução da trama muito bem feita e apesar de trazer a mensagem de que o público, de um modo geral, gosta mesmo é de baixaria na tv.
A mensagem final se redime, mostrando que o bom jornalismo há de vencer a massificação da cultura pop.
Segue o trailler para provocar mais um pouquinho a vontade de vocês.
(me deu vontade de ver de novo!)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários preconceituosos e desrespeitosos serão ignorados. Manifeste sua opinião com educação. =)