terça-feira, 19 de julho de 2011

Amante Sombrio - Dark Lover - IAN vol 1 - J.R.Ward

Amante Sombrio - Dark Lover - IAN
Editora: Universo dos Livros
  • Autor: J.R. WARD
  • ISBN: 9788579300820
  • Ano: 2009
  • Edição: 1
  • Número de páginas: 448
  • Compre aqui:
  • *Cultura


Eterna curiosa dessa série e fã incondicional de vamp's!
Não tem remédio para mim.
Tudo isso somado com uma promoção bombástica do submarino, voilà! 
Aqui estou, escrevendo essa resenha atrasadíssima porque não consigo parar de ler, estou no meio do terceiro "Amante Desperto".

Nesse primeiro volume tomamos conhecimento de uma nova mitologia de vampiros.
Onde vampiro precisa de sangue de vampiro do sexo oposto para sobreviver.
Onde há uma sociedade nomeada de redutores constituída de mortos vivos cuja função é caçar e eliminar vamp's.
Onde a divindade de vampiros chama-se Virgem Escriba e a de redutores chama-se Ômega.
Para se proteger dos redutores, criou-se a Irmandade da Adaga Negra que é uma sociedade de guerreiros que protegem os vampiros civis.
Darius é um antigo integrante dessa sociedade que está profundamente preocupado com a filha Beth.
A menina, filha dele com uma humana, ficou órfã de mãe ao nascer e ele manteve-se a distância na tentativa de protegê-la de seu mundo.
Acontece que aos 25 anos quem é vampiro passa pela transição.
Transição é um momento muito crítico na vida de um vampiro, ele necessitará tomar sangue (algo que não precisava até aqui), sofrerá dores horrendas e pode não vir a sobreviver, a se efetivar como vampiro.
Darius perdeu vários filhos e Beth, que hoje é sua única herdeira, está muito próxima de sua transição.
Na tentativa desesperada de aumentar suas chances de sobrevivência, Darius pede a Wrath que doe seu sangue a Beth durante a transição.
Wrath é o último vampiro de sangue puro e deveria ser o rei de sua espécie, mas um erro do passado o colocou em um martírio de culpa e remorso.
Wrath não aceita essa incumbência, mas o assassinato de Darius na mesmo noite que esse pedido foi feito o coloca contra a parede e respeitando o último pedido do amigo ele vai em busca de Beth.
Como já sabemos, Beth não conheceu os pais e foi criada em orfanatos, tornou-se uma mulher forte e decidida.
Beth tem uma vida normal e sem graça, é jornalista, não tem namorado e não se interessa pelo sexo oposto.
Apesar de atrair todas as atenções, já que é uma mulher deslumbrante, sente-se apática ao sexo oposto.
Ultimamente tem ficado incomodada com a luz do sol e comido de forma desvairada, não faz ideia dos motivos que a tem feito ficar assim.
Após uma longa jornada de trabalho, ao retornar para casa, foi atacada por dois estudantes que quase a violentaram, desde então carrega também esse trauma.
O maior desafio para Wrath é se aproximar dessa vida normal de Beth, como mostrar a ela algo que ela desconhece em absoluto? Algo que ela não imagina que corre em suas veias?
Ao se conhecerem, Beth e Wrath, despertam um no outro sentimentos desconhecidos ou ignorados por tempos e mudará todo o destino de sua espécie.
Os tempos são duros e o romance que brota entre eles está longe de ser tranquilo. 
Há redutores prontos para exterminá-los e a batalha é iminente.

Muito li sobre essa série e não criei expectativas sobre os dois primeiros livros, as opiniões que conheci eram unanimes: os dois primeiros livros eram os mais fracos.
Uma pessoa que admiro muito e que me identifico bastante na leitura chegou a abandonar esse livro.
Como já observei antes, quando se cria expectativa demais se frustra e quando não se espera nada pode-se ter uma bela surpresa e foi assim para mim.
A M E I ! ! !
Adorei o estilo e a narrativa de J.R.Ward.
O texto é rápido, envolvente, interessante e extremamente picante.
O ponto negativo fica para os longos capítulos que descrevem os afazeres e planos dos redutores.
Mas sou suspeita, pois só queria ver o amor de Wrath e Beth.
Claro que o núcleo da história é o par romântico, mas conhecemos todos os seis temperamentais e monumentais guerreiros e assumo:
Sou uma devassa, pois me apaixonei por todos eles.

  1. Amante Sombrio
  2. Amante Eterno
  3. Amante Desperto
  4. Amante Revelado
  5. Amante Liberto
  6. Amante Consagrado
  7. Amante Vingado

6 comentários:

Vanessa Vieira disse...

Parabéns pela resenha Denise! Muito em breve pretendo ler Irmandade da Adaga Negra. Beijos!

Karlinha disse...

Nossa Dê, não vejo a hora de ler sua resenha sobre Amante Consagrado! Sério, só nessa resenha eu até fiquei com vontade de ler essa série de livros sabia? Parece bem legal esse mundo que a autora criou para o livro. Quem sabe em outra oportunidade né?

Karlinha
www.coffieandmovies.com.br
Não deixe de participar! Visite!

Mari Soares disse...

"Como já observei antes, quando se cria expectativa demais se frustra e quando não se espera nada pode-se ter uma bela surpresa e foi assim para mim".

Isso sempre acontece comigo!

Vi a promoção do Submarino, mas me proibi de comprar livro enquanto a pilha não diminui.

Fiquei super curiosa pra ler com a sua resenha! *.*

Obrigada por aceitar a parceria e por seguir, já estou fazendo o mesmo.

Ah, muito fofo o visual novo do Blog.

Beijos!

http://brincandocomlivros.blogspot.com/

Tathy disse...

Amei esse visual! Tah arrasandoooo.

PS: Não vou ler a resenha pq ainda não li o livro, rs

Só vim deixar uma beijoca

Natiii disse...

Denise muito boa sua resenha.
IAN é sensacional,um gênero completamente diferente de vampiros.
*bota HOT nisso*

Eu tbm comprei no Submarino os 3 primeiros volumes,mas o meu AMANTE ETERNO veio com defeito (SUBMARINO VOU TE CONTAR VIU ¬¬').Enquanto espero que eles troquem o livro,ainda não embalei no ritmo de leitura.
Mas tenho certeza que vou adorar.



Ah,o layout do blog ficou LINDO!!!
bjs Nati

Tonks disse...

Que bom que você gostou! Mais uma viciada por IAN surgiu. Oba! kkkkk

bjokas

Postar um comentário

Comentários preconceituosos e desrespeitosos serão ignorados. Manifeste sua opinião com educação. =)