terça-feira, 1 de março de 2011

Muita calma nessa hora


Muita Calma Nessa Hora
lançamento: 2010 (Brasil)
direção:Felipe Joffily
atores:Andréia Horta, Gianni Albertoni, Fernanda Souza, Débora Lamm.
duração: 92 min
gênero: Comédia

Após encontrar o noivo (Bruno Mazzeo) em uma situação, no mínimo, comprometedora, Tita (Andréia Horta) convoca as amigas Mari (Gianni Albertoni) e Aninha (Fernanda Souza) para aproveitarem as reservas que seriam usadas em sua lua de mel em Buzios.

Tita, desiludida com homens está na fase de "caça", Mari que acaba de ser assediada pelo seu idoso patrão está na fase de repulsa por homens e Aninha a eterna indecisa, não sabe o que quer.
No caminho encontram com Estrella (Débora Lamm), uma hippie a quem dão carona e que está atrás de seu pai desaparecido.
Resumindo o filme é isso...
Quando vi o trailler no final do ano passado, considerei irresistível assistir esse filme.
Trazia em sua publicidade a premissa de que teríamos os maiores craques do humor nacional e como sou apaixonada por Marcelo Adnet, Bruno Mazzeo e Débora Lamm fiquei mais do tentada a assistir.
A nova leva do cinema nacional têm trazido filmes de qualidade excepcional e tenho cada dia mais amado a oportunidade de presenciar essa evolução.
Porém, tenho que admitir que fiquei decepcionada com esse lançamento.
O filme me lembrou "Zorra total" vários encontros casuais e meio desconexos. Não temos uma exploração dos cenários e senti uma absoluta falta de dinâmica entre atores, falas, cenários e trilha sonora.
Claro que ri muito, mas creio que tinha uma expectativa alta e o filme não conseguiu supri-las.
Sempre que vejo um filme com um elenco estrelar fico com medo.
Obviamente não há espaço suficiente para todo o elenco e é meio frustrante ver calibres como Bruno Mazzeo, Leandro Hassun e Marcos Mion fazendo ponta.
O filme tenta ser divertido, descolado, jovem, mas senti que ele força em tudo que tenta ser.. tornando-se um filme engraçadinho, mas não ideal para o uso de 2 horas do meu dia.
No final ainda ouvi uma frase que estou tentando entender: "quem diria que atravessar aquela ponte mudaria tanta coisa na nossa vida"
Alguém pode me explicar o que mudou na vida das três meninas depois dessa viagem??
Segue o trailler.


4 comentários:

Mag disse...

ahhh, eu gostei do filme....
-Mari, o Pablo eh meu pai....
- O Pablo da creperia
- não, o do qual eh a musics!!!!
dhuahiusdhuhsda, eu ri demaaais =P

Jaqueline de Marco disse...

Dê, passei um meme para você:
http://www.naprateleira.com/2011/03/meme-vale-pena-ler-de-novo.html
Beijinhos. Fiquem com Deus!

Victor disse...

Eu tive a mesma impressao que você quando vi o filme. Engracado, bons atores, mas faltava um quê, algo que o fizesse se destacar e desse um foco mais específico - como você apontou, a viagem nao serviu pra muita coisa. Podia ser uma producao bem melhor. De qualquer forma, rouba boas risadas. Ótima resenha, apontou justamente o que havia pensado e nao escutado ninguém comentar.

Beijos,

Victor

Denise Ayres disse...

Oiiiieee,
Que saudade de ti, Victor!
Fico honrada com a sua visita, vestibulando.
Que bom que gostou da resenha!

Bjuu

Postar um comentário

Comentários preconceituosos e desrespeitosos serão ignorados. Manifeste sua opinião com educação. =)